Consulte o andamento de sua habilitação
CPF: Somente Numeros
 
Alcool X Trânsito
Exame Prático
IPVA
Sinalização
Infrações
Consulte suas Multas
Guia de Ruas
Consulte sua Pontuação na sua C.N.H

Álcool e direção foi o tema da Semana Nacional de Trânsito.
É inacreditável, mas pessoas que nós consideramos inteligentes, estudadas e preparadas relutam em aceitar que o álcool prejudica o ato de dirigir um veículo, mas os números estão ai, e os que envolvem o álcool com relação aos acidentes de trânsito são assustadores.
Para que você tenha idéia, mais de 50% das mortes ocorridas em acidentes de trânsito estão relacionadas com álcool. Seja motorista, seja passageiro ou seja pedestre.
Pelo novo código de trânsito, o máximo de álcool existente no sangue para poder dirigir, não pode ultrapassar 0,6 g/l. Isto corresponde, mais ou menos, a ingerir 2 doses de destilados (Whisky, pinga, vodka etc.), 2 cálices de vinho ou 2 latas de cerveja.
- Teste seus reflexos - Faça o download (alcoolemia.xls - 36Kb)

Por que o álcool é perigoso?
Porque da uma falsa sensação de segurança e bem estar. A pessoa acha que está muito bem e que não há o menor perigo em dirigir um veículo.
Ai é que está o perigo, apesar de sentir-se bem, às vezes até melhor que o normal, uma pessoa que ingeriu álcool, mesmo em pequenas quantidades, certamente tem os seus reflexos retardados e esta é a principal razão de tantos acidentes de trânsito envolvendo o álcool.
Normalmente quando um motorista avista um perigo, o tempo que leva para reagir é de frações de segundo. Após ingerir bebida alcóolica este tempo aumenta e aumenta mais quanto mais se bebe.
Isto significa que se uma criança atravessar a rua de repente à sua frente a uma distância que normalmente daria para você parar, estando alcoolizado esta distância não será suficiente, porque você está reagindo atrasado e aumenta muito a probabilidade de você atropelar a criança.
Muitas pessoas acham que isto é balela, que elas dirigem muito bem mesmo alcoolizadas e que elas nunca se envolveram em acidentes de trânsito.
Acontece que não é porque você bebeu que obrigatoriamente vai se envolver em acidente, mas em situação de emergência, diante da necessidade de fazer um desvio repentino ou de frear bruscamente, seus reflexos estarão retardados e você vai demorar muito mais que o normal para realizar a manobra, correndo risco muito acima da média de se envolver em acidentes.
A pessoa totalmente embriagada, aquele que trança as pernas e fala enrolado preocupa menos, porque não consegue às vezes sequer abrir a porta do carro e se estiver acompanhado certamente este não o deixará dirigir.
Quem preocupa mesmo é aquele que aparentemente está bem e que acha, após ter bebido, estar em condições de dirigir.
Estes fatos e números que apresentamos coincidem no mundo inteiro e não há dúvida sobre eles.
Portanto se você bebeu e quer dirigir, saiba que a probabilidade de se envolver em acidente aumenta e aumenta muito.
Argumentar que você nunca se envolveu em um acidente de trânsito não é válido, muitos morrem no primeiro acidente.
Não dirija depois de beber, uma corrida de taxi é sempre mais barata que a conta do hospital.

 Veja o que muda nas regras para tirar a carteira de motorista.


Pague com cartão de crédito ou débito


Visa - Visa Eletron Mastercard - RedeShop Maestro - Diners

Jocar 2005(R)Copyrigth
Site Desenvolvido por